Nomes que Fizeram História

índice de nomes

Doppler

página inicial

CHRISTIAN JOHANN DOPPLER   (1803 - 1853)


Christian Johann Doppler nasceu em Salzburg, Áustria, em 29 de novembro de 1803, filho de Johann e Theresa Doppler. Durante sua juventude, Doppler tinha planejado seguir nos negócios da família, que possuía uma pedreira. Entretanto, acabou tendo problemas de saúde crônicos que impossibilitaram tal intenção, ainda mais que poderia passar por risco de vida, pois tinha sofrido uma doença pulmonar que seria agravada se viesse a trabalhar em um local com atmosfera carregada de poeira, justamente como era o ambiente da pedreira da família.

Em 1816, quando tinha 13 anos, seu pai envoiu-o à "German School", onde Doppler chegou a ganhar uma medalha por sua proeminência em filosofia. Em 1822 consultou um professor de matemática, que recomendou a Doppler que procurasse uma escola que pudesse lhe oferecer o estudo desta matéria em um nível mais elevado. Assim, Doppler inscreveu-se no instituto politécnico em Viena. Porém, depois de dois anos e meio, Doppler decidiu que não gostava do sistema de instrução deste instituto e preferiu continuar a estudar em casa, com um professor particular. Após terminada sua instrução secundária aos 21 anos, Doppler passou a trabalhar como professor particular de matemática, começando também a escrever seus ensaios nesta área.

Recusado uma primeira vez em 1825, Doppler novamente inscreveu-se para o cargo de assistente, para 4 anos, no instituto politécnico em Viena em 1829, desta vez sendo aceito. Em 1833, o tempo de seu cargo terminou e Doppler novamente teve dificuldades em conseguir uma posição em outras universidades. Perdendo as esperanças, começou a planejar se mudar para América para procurar trabalho. Já tinha vendido seus pertences para financiar a viagem quando lhe foi oferecida uma posição como professor da matemática elementar e contabilidade comercial na Escola Secundária do Estado, em Praga. Começou a receber um bom salário, casou com Mathilde Sturmand e iniciou sua família.

Em 1840 foi eleito sócio da Royal Society of Sciences. Doppler havia escrito seus primeiros trabalhos no campo da Matemática, mas em 1842 apresentou seu ensaio "Sobre as Cores da Luz Emitidas Pelas Estrelas Duplas e de Alguns Outros Astros do Firmamento". Nele estavam os fundamentos do que hoje é conhecido como o efeito que leva o seu nome.

Ele, então, não imaginava a enorme influência que sua descoberta teria no mundo. Seu trabalho na física das ondas, que pode ser aplicado tanto às ondas de som como de luz, conduziu aos avanços em uma grande variedade de tecnologias usadas nos dias de hoje. Doppler chegou a prever que este efeito também seria válido para a luz, mas isso só pôde ser devidamente explicado mais tarde, pelo francês Fizeau.

No período em que Doppler viveu, já era sabido que o tom do som de algum objeto variava se este objeto se movesse relativamente a um ouvinte. Isto era observado principalmente com os apitos dos trens, que ficavam mais "altos" quando estavam chegando e mais "baixos" quando partiam.

A fim de medir este efeito, Doppler criou uma experiência estranha. Contratou vários corneteiros para tocarem sobre um vagão aberto, puxado por uma locomotiva. Foram utilizadas diversas velocidades, emitindo-se uma nota diferente a cada vez. Enquanto isso, na plataforma da estação, vários músicos de ouvido apurado registravam as notas que conseguiam ouvir. Os resultados confirmaram as previsões calculadas com a equação de Doppler.

Embora o efeito Doppler fosse observado originalmente para o som, descobriu-se que também é verdadeiro para todas as formas de radiação eletromagnética.

A aplicação o mais usual do efeito de Doppler, atualmente, é o radar. Pela reflexão de um sinal em um objeto, pode-se saber rapidamente como este objeto está se movendo e em que sentido, medindo-se a freqüência do sinal e aplicando-se a fórmula de Doppler.

No caso da luz, o efeito Doppler mostrou-se particularmente útil para os astrônomos na análise da luz emitida por corpos distantes no espaço, pois quando a fonte se afasta do observador, o objeto parecerá mais vermelho do que o normal. A aplicação do efeito a estes casos reforçou a teoria de um universo em expansão.

Doppler faleceu em Veneza, em 1853.

 

índice de nomes

Doppler

página inicial